Em Minas, 58% dos bares e restaurantes tiveram dificuldade em pagar salário

Cerca de 58% dos empresários do setor de bares e restaurantes em Minas Gerais tiveram dificuldade em pagar salários de funcionários em maio de 2021, informa pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) nesta segunda-feira (31). Foram ouvidos 457 empreendedores do ramo, entre 4 e 10 de maio. 

O estudo indica que o principal motivo para as dificuldades são as restrições de funcionamento impostas por governos municipais e estadual para combater a Covid-19 em Minas. Presidente da Abrasel no Estado, Matheus Daniel, afirma que “56% dos bares e restaurantes são obrigados, por exemplo, a fecharem antes das 20h para cumprir as regras sanitárias atuais”. 

“A liberação do funcionamento até às 19h, 20h, 21h é irrisória, principalmente para um segmento que precisa funcionar à noite, já que o horário noturno é responsável por 70% das nossas receitas. Com isso, estamos faturando menos de 40% em relação ao que arrecadávamos antes da pandemia”, destaca o empresário.

Matheus Daniel cita ainda que dificuldade e burocracia para concessão de créditos por bancos privados ou incentivos públicos ajudam a aprofundar a crise no setor. “O alto endividamento e a luta para nos mantermos respirando tornam gigantesca a necessidade de crédito emergencial barato e rápido”, conclui.

POR: PORTAL O TEMPO

LIVE OFFLINE
track image
Loading...