Concurso PM MG: Governo autoriza novos editais

Em live transmitida nas redes sociais, o comandante da Polícia Militar de Minas Gerais, cel. Rodrigo Sousa Rodrigues, anunciou que, após o protocolo de análise, o Governo de Estado concedeu autorização para que um novo concurso PM MG seja realizado.

Segundo Rodrigues, o concurso visa atender às áreas operacionais, por meio dos Cursos de Formação para Soldados e Oficiais, além de abranger a carreira da Saúde, para os cargos de médicos e de formação técnica. Os editais devem ser divulgados já nos próximos dias!

De acordo com as informações anunciadas, serão ofertadas 1.800 vagas de níveis médio/técnico e superior, sendo 120 para Oficiais1.650 para Soldado30 para Médicos (diversas especialidades). As oportunidades serão distribuídas entre a região metropolitana e cidades do interior.

Além disso, deste total, 84 militares serão convocados, após passarem pelo concurso, para atuarem em áreas especialistas, tais como saúde, armeiros, motomecanização e comunicação. Ou seja, militares com formações técnicas para trabalharem internamente com funções específicas na Polícia.

Anteriormente, a Comissão de Segurança Pública fez um novo requerimento ao deputado Agostinho Patrus, presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, solicitando a convocação de candidatos excedentes do último certame para Oficiais.

Caso não seja possível, o documento pede que a validade do certame seja estendida de modo que possibilite que o candidatos excedentes sejam aproveitados. O último concurso para Oficiais (CFO) da PM de Minas Gerais ofertou 160 oportunidades, sendo 144 vagas masculinas e 16 vagas femininas.

Sobre os cargos

São requisitos legais para prestar o concurso PM MG:

  • ser brasileiro nato;
  • ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inclusão no CFO;
  • possuir idoneidade moral;
  • ter altura mínima de 1,60m;
  • ter sanidade física e mental;
  • ter aptidão física;
  • ser aprovado em avaliação psicológica.

Em relação à escolaridade de cada cargo, confira:

  • Oficial: Bacharel em Direito;
  • Soldado: Nível superior;
  • Médicos: Nível superior em área compatível com a função a ser exercida;
  • Especialistas: Nível médio/técnico conforme área específica em edital.

Tabela salarial atualizada

Vale ressaltar que, durante o Curso de Formação, o candidato ocupará o cargo de Soldado 2ª Classe. Já para o cargo de Oficial, o candidato ocupa, inicialmente, o cargo de Cadete, sendo promovido para Aspirante a Oficial e, por fim, a 2º Tenente.

LIVE OFFLINE
track image
Loading...