Uberlândia entra em período de baixa umidade do ar

A Defesa Civil alerta sobre os riscos ocasionados pela baixa umidade relativa do ar. Nesta quarta-feira (16), os índices registrados pela estação climatológica da UFU, instalada no terminal central, apontaram baixas de 40%, chegando, em determinado período do dia, a 20%. Segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), quando o índice de umidade do ar está abaixo de 30%, isso pode ocasionar riscos à saúde. “Os dados têm oscilado e é necessário que a população fique atenta a alguns cuidados básicos para serem seguidos mediante essas condições climáticas”, afirmou João Batista Afonso, diretor de Defesa Civil da secretaria municipal de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil.

Confira abaixo algumas precauções estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para minimizar os efeitos da baixa umidade relativa do ar:

Entre 21 e 30% – Estado de Atenção

Cuidados a serem tomados: evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h, umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, entre outros, sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, consumir água à vontade.

Entre 12 e 20% – Estado de Alerta

Cuidados a serem tomados: observar as recomendações do estado de atenção, suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h, evitar aglomerações em ambientes fechados, usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Abaixo de 12% – Estado de Emergência

Cuidados a serem tomados: observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta, determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h (como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência), determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados (como aulas, cinemas, etc.) entre 10h e 16h, manter com umidade os ambientes internos (principalmente quarto de crianças).

LIVE OFFLINE
track image
Loading...