Em Uberlândia, Romeu Zema incentiva os mineiros a completarem o ciclo de imunização contra a covid

O governador Romeu Zema alertou, nesta sexta-feira (29/10), durante acompanhamento da vacinação contra a covid-19 na Arena Sabiazinho, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, para que os mineiros que ainda não tomaram a segunda dose busquem um centro de saúde mais próximo para completar o ciclo vacinal.  

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio do banco de dados Open DataSUS do dia 15/10, 2.531.045 pessoas ainda não tiveram o registro da segunda dose (D2) lançada no sistema oficial, sendo 587.068 referentes à vacina CoronaVac, 1.355.587 de AstraZeneca e 588.390 Pfizer. 

Esse quantitativo pode representar tanto as pessoas que estão com a segunda dose em atraso quanto doses aplicadas que ainda não foram lançadas no sistema oficial por parte dos municípios.

“Faço o alerta para que possamos manter um indicador muito importante em Minas Gerais, o de ser o estado que tem a menor taxa de mortalidade dentre os estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste. A vacina salva vidas”, reforçou Zema.  

Uberlândia

Até o último dia 24/10, a cidade havia vacinado 92,85% da população com a dose 1 e outros 78% com segunda dose e dose única. Ao todo, a cidade recebeu mais de 1 milhão de doses dentro do Programa Nacional de Imunização (PNI). Ontem, ao chegar ao município, o governador desembarcou com cerca de 12 mil doses da AstraZeneca.

De acordo com Zema, a mesma aeronave que o trouxe também foi utilizada para transportar os imunizantes. “O planejamento, agilidade e transparência são fundamentas para que nenhum município fique sem vacina”, afirmou.

Atualmente, Uberlândia conta com 195 leitos de UTI e 719 de enfermaria. A macrorregião Triângulo do Norte tinha 134 leitos de UTI em fevereiro/2020, no início da pandemia. Hoje, a macrorregião possui 320 leitos, um aumento de 139%. Os leitos de enfermaria tiveram uma expansão de 116,5%.

Terceiro Setor

Outro compromisso do governador no município foi uma reunião com representantes do Terceiro Setor. Em todas as regiões que visita, Romeu Zema tem como prioridade escutar as demandas do setor produtivo, prefeitos, vereadores e deputados.

Para Zema, quem toma conhecimento dos problemas geralmente toma as decisões mais acertadas. “Fiz isso durante toda a minha vida profissional. É por esse motivo que o nosso governo tem conseguido avançar em diversos pontos. Faço questão de que toda a minha equipe faça o mesmo”, finalizou.

LIVE OFFLINE
track image
Loading...