Categorias
Esportes Notícias

Verdão derrota Nova Mutum e chega às oitavas de final da Série D

Placar CBF/Série D

O Uberlândia Esporte Clube (UEC) derrotou o Nova Mutum Esporte Clube (NMEC), no interior do Mato Grosso, por dois a zero, na tarde deste domingo (19). Os gols do triunfo foram assinalados por Daniel Ribeiro (18/2º tempo) e por Felipe Pará (23/2º tempo). Com a vitória, o Verdão retorna para Minas Gerais classificado para as oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D, haja vista que na partida disputada na semana passada, no Parque do Sabiá, foi registrado empate por um a um. Agora, o time uberlandense dirigido pelo técnico Chiquinho Lima enfrentará o Joinville (SC), que eliminou o Bangú (RJ). O Verde ainda terá que passar por mais duas fases eliminatórias, se quiser alcançar o objetivo de subir para o Brasileirão Série C, de 2022.

Resumo do jogo

O duelo entre Nova Mutum e Uberlândia foi disputado em condições climáticas adversas, com temperatura de 37 graus, e com umidade de ar próxima de 10%, o que é grave, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas, o Verdão não tomou conhecimento destas adversidades. Desde o primeiro minuto de jogo, teve a posse de bola, e não foi seriamente ameaçado pelo adversário. Durante todo o jogo, o goleiro Alviverde Rafael Roballo fez duas defesas exuberantes, mas o Verdão, nas duas oportunidades que criou, foi certeiro ao balançar as redes mato-grossenses. Uma atuação segura, concisa de todos os setores da equipe.

Primeira Derrota do Nova Mutum em casa

Desde que se profissionalizou, o Nova Mutum conquistou o Campeonato do Mato Grosso em 2019 (Segunda Divisão) e de 2020 (Primeira Divisão). A equipe nunca havia perdido uma partida em casa, mas a escrita foi derrubada pelo Verdão, nesta data de 19 de setembro. Nem mesmo o Cuiabá, que é time de Brasileirão Série A conseguiu dobrar a equipe azulão em seu estádio Valdir Doilho Wons.

Único mineiro a se classificar

O Verdão passa a ser o único representante de Minas Gerais, no Brasileirão Série D. A Caldense foi eliminada pela Aparecidense (GO), e o Boa Esporte também caiu diante do União Rondonópolis (MT).

Terceira fase

O Campeonato Brasileiro Série D começou com 64 equipes. Agora restam 16 que sonham com o acesso para a Série C. Nesta fase denominada de “oitavas de final”, o Verdão enfrentará o Joinville, SC. O primeiro duelo será em Uberlândia, e o decisivo, no interior de Santa Catarina.

Todos os confrontos da fase oitavas de final

Moto Club (MA) x América (RN)

ABC (RN) x 4 de Julho (PI)

Guarany (CE) ou Galvez (AC) x Campinense (PB)

Paragominas (PA) x Atlético (CE)

Aparecidense (GO) x Cianorte (PR)

União (MT) x Caxias (RS)

Ferroviária (SP) x Esportivo (RS)

Joinville (SC) x Uberlândia (MG)

Adversário do Verdão está invicto na Série D

O Joinville é oriunda do Grupo A8. Terminou a primeira fase em primeiro lugar, com 28 pontos; 7 vitórias; 7 empates e nenhuma derrota. Teve como adversários, o Cascavel (PR); Esportivo (RS); Caxias (RS); Juventus (SC), Marcílio Dias (SC), Aimoré (RS), Rio Branco (PR). Na segunda fase enfrentou o Bangú, e empatou as duas partidas por um a um. Avançou para a terceira fase derrotando a equipe carioca, nos pênaltis por 4 a 3. Jogando em casa, o Joinville venceu 5 jogos e empatou 3. Como visitante, são 2 vitórias e 6 empates.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série D, Segunda Rodada, Segunda Fase

Nova Mutum, 19 de setembro de 2021

Nova Mutum EC 0 x 2 Uberlândia EC

Gols: Daniel Ribeiro (18´2º tempo) e Felipe Pará (23`2º tempo)

Árbitro: Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL)

Cartões amarelos para o Uberlândia: João Paulo, Naílson, Felipe Pará

Cartões amarelos para o Nova Mutum: Wandinho, Arildo e Mendonça

Cartões Vermelhos para o Nova Mutum: Jonathan Mendes e Rafael Lemos

NOVA MUTUM

Gabriel; Léo Campos (Cadinho), Taison, Mendonça e Gustavo; Bruno Domingues (Wandinho), Jonathan (expulso 36`2º tempo), Higor Rosa; Hugo (Diego Souza), Felipe Augusto e Abner. Técnico: William D´Mattia.

UBERLÂNDIA

Rafael Roballo; Elivelton, Juan Sosa, Bruno Maia, Maicon Souza; João Paulo, Naílson (Rafael Leme), Daniel Costa (Luanderson); Felipe Pará (Mateus Mendes), Ingro (Pedro Vítor) e Alípio (Daniel Ribeiro). Técnico: Chiquinho Lima

Categorias
Esportes Notícias

Série D: Uberlândia segura a Ferroviária no Parque e agora pegará o Nova Mutum (MT)

Ingro, na comemoração de seu 9º gol com a camisa do Verdão, no Brasileiro Série D

O Uberlândia Esporte Clube (UEC) empatou com a Associação Ferroviária de Esportes (AFE) por um a um, no Estádio Parque Do Sabiá, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro Série D. O confronto entre mineiros e paulistas aconteceu na tarde de domingo (5). O centroavante Gleyson abriu o placar para os visitantes, aos 12 minutos do primeiro tempo, e Ingro empatou para o Verdão, cinco minutos depois. A Locomotiva de Araraquara terminou a primeira fase em primeiro lugar no Grupo A6, com 33 pontos. O Furacão Verde fechou em terceiro, com 23 pontos. Na segunda fase, quando os duelos serão eliminatórios, o Uberlândia terá como adversário, o Nova Mutum Esporte Clube (NMEC), de Mato Grosso. A Ferroviária enfrentará o Brasiliense Futebol Clube (BFC), do Distrito Federal.

Demais jogos do Grupo A6

Águia Negra (MS) 0 x 0 Boa Esporte

Rio Branco (VN) 2 X 1 Patrocinense

Caldense 1 x 2 Rio Branco (ES)

Classificação final do Grupo A6

1º: Ferroviária – 33

2º: Boa Esporte – 24

3º: Uberlândia – 23

4º: Caldense – 21

5º: Rio Branco (VN) – 21

6º: Rio Branco (ES) – 15

7º: Patrocinense – (7)

8º: Águia Negra (MS)- 7

Segunda Fase

Conforme diagrama da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), os duelos da segunda fase estão assim definidos:

Uberlândia (MG) x Nova Mutum (MT)

(Primeiro jogo no Parque do Sabiá)

Aparecidense (GO) x Caldense (MG)

Boa (MG) x União (MT)

Ferroviária (SP) x Brasiliense (DF)

Castanhal (PA) x Moto Club (MA)

Itabaiana (SE) x América (RN)

4 de Julho (RN) x Penarol (AM)

ABC (RN) x Retrô (PE)

Guarany (CE) x Galvez (AC)

Campinense (PB) x Sergipe (SE)

São Raimundo (RR) x Paragominas (PA)

Juazeirense (BA) x Atlético (CE)

Cascavel (PR) x Cianorte (PR)

Portuguesa (SP) x Caxias (RS)

Santo André (SP) x Esportivo (RS)

Joinville (SC) x Bangu (RJ)

Projeção das equipes mineiras

O Classificado de Uberlândia x Nova Mutum enfrentará na terceira fase, o vencedor de Joinville x Bangu;

Quem passar de Caldense x Aparecidense terá pela frente Cascavel ou Cianorte;

O vencedor do duelo entre Boa Esporte x União Rondonópolis jogará contra o classificado de Portuguesa x Caxias.

Regulamento

O Campeonato Brasileiro Série D começou com 64 equipes divididas em 8 grupos. Todos se enfrentaram dentro de seus respectivos grupos, com 14 jogos para cada time.

Agora, as 32 equipes que avançaram partem para jogos eliminatórios, até apurar o campeão. Para garantir acesso para o Brasileirão Série C, é preciso passar por três fases.

Confronto Uberlândia x Nova Mutum

O Nova Mutum fez parte do Grupo A5 do Campeonato Brasileiro Série D, em sua primeira fase. Teve como adversários, o Aparecidense (GO); União (MT); Brasiliense (DF); Goianésia (GO); Porto Velho (RO); Gama (DF) e Jaraguá (GO). Terminou a fase em segundo lugar com 27 pontos; 14 jogos; 8 vitórias; 3 empates e 3 derrotas. Marcou 18 gols e sofreu 11, saldo positivo de 7 gols.

O Uberlândia terminou em terceiro lugar no Grupo A6, com 23 pontos. Enfrentou o Patrocinense; Boa Esporte; Caldense; Rio Branco (VN), Rio Branco (ES) e Ferroviária (SP). Em 14 jogos, venceu 6, empatou 5, perdeu 3 partidas. Marcou 21 gols, e sofreu 15. O saldo positivo foi de 6 gols.

Categorias
Esportes Notícias

Tóquio 2020: encerramento ressalta beleza da diversidade

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio se encerraram e, com eles, mais um ciclo de grandes exemplos de superação e humanismo se completa. O mundo teve, no evento encerrado há pouco no Estádio Olímpico de Tóquio, mais uma amostra da riqueza que a diversidade proporciona.

Superação que, do ponto de vista brasileiro, foi confirmada nas 72 medalhas conquistadas (22 ouros; 20 pratas; e 30 bronzes), dando ao país a sétima colocação no quadro geral. Três dessas medalhas foram parar no peito do nadador Daniel Dias, a quem coube a honrosa tarefa de carregar a bandeira brasileira durante o evento de encerramento dos jogos.

Com os três bronzes conquistados, Daniel entra para a história como o maior medalhista paralímpico brasileiro, após 27 pódios. Após empunhar a bandeira, o nadador não pôde se juntar à delegação brasileira que, a exemplo das demais delegações, já se encontrava no estádio. Ele teve de se dirigir aos bastidores para se preparar para a posse no novo comitê paralímpico, do qual é integrante.

O Brasil foi o 117º país a ter sua bandeira desfilada, em uma cerimônia que contou com a participação de 160 países, além das representações dos refugiados e do Comitê Olímpico Russo.

Paris é logo ali

Vieram então a queima de fogos e o anúncio de Paris como sede dos próximos Jogos Paralímpicos, a serem realizados em 2024. Vídeos de artistas e personalidades parisienses foram apresentados, em sinal de boas vindas àqueles que participarão dos jogos.

Ao final, a pira olímpica foi, aos poucos, se apagando, em meio a uma versão da música What a Wonderfull World, de Louis Armstrong. Apaga-se a chama, mas mantêm-se a eterna mensagem de superação, humanismo e diversidade tão bem proporcionada pelos jogos paralímpicos. Agora é esperar. Paris é logo ali.

Categorias
Esportes Notícias

Covid-19: organização dos Jogos vê situação “muito difícil” em Tóquio

A Paralimpíada de Tóquio será realizada em circunstâncias “muito difíceis”, disseram seus organizadores nesta sexta-feira (20), já que os hospitais da cidade-sede estão sobrecarregados no momento em que o Japão enfrenta sua pior onda de infecções de covid-19, impulsionada pela variante Delta.

Faltando menos de uma semana para o evento, o jornal Asahi noticiou nesta sexta-feira (20) que um hospital de Tóquio recusou um pedido dos organizadores para receber casos de emergência dos Jogos, priorizando pacientes locais com covid-19.

“Olhando a situação médica, não podemos evitar dizer que faremos a Paralimpíada no meio de uma situação muito difícil”, disse Hidemasa Nakamura, autoridade responsável pela realização da Tóquio 2020, em uma coletiva de imprensa. “O que fazemos se tivermos um caso que fica gravemente doente, dada a situação apertada dos leitos de hospital? Temos que ter um fluxo de contato alinhado e incluir os hospitais e instalações médicas neste fluxo de contato.”

Os organizadores disseram que adotarão protocolos contra a covid-19 na Paralimpíada, o mesmo “manual” usado durante a Olimpíada, que terminou no início deste mês.

Exames frequentes e outras restrições, como limitar a circulação de atletas e autoridades, mostraram-se eficazes para minimizar os riscos de infecção, acrescentaram.

Categorias
Esportes Notícias

Tite convoca Seleção Brasileira para jogos contra Chile, Argentina e Peru

Foram relacionados 25 atletas para as próximas três rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

A Seleção Brasileira está convocada para as próximas três rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Nesta sexta-feira (13), na sede da CBF, o técnico Tite divulgou a lista com 25 nomes para a disputa dos jogos contra Chile, Argentina e Peru. Com 18 pontos, o Brasil lidera a tabela de classificação da competição.

A novidade na lista desta sexta-feira ficou por conta da convocação de Lucas Veríssimo, Claudinho e Raphinha, que terão suas primeiras oportunidades na equipe principal da Seleção Brasileira. O grupo conta com seis atletas que foram campeões olímpicos em Tóquio: além do próprio Claudinho, os laterais Daniel Alves e Guilherme Arana, o meio-campista Bruno Guimarães e os atacantes Matheus Cunha e Richarlison.

Confira a lista do técnico Tite para os próximos três jogos da Seleção Brasileira:

GOLEIROS

Alisson – Liverpool FC (ING)

Ederson – Manchester City (ING)

Weverton – Palmeiras

LATERAIS

Alex Sandro – Juventus (ITA)

Daniel Alves – São Paulo

Danilo – Juventus (ITA)

Guilherme Arana – Atlético-MG

ZAGUEIROS

Éder Militão – Real Madrid (ESP)

Lucas Veríssimo – Benfica (POR)

Marquinhos – Paris Saint-Germain (FRA)

Thiago Silva – Chelsea (ING)

MEIO-CAMPISTAS

Bruno Guimarães – Lyon (FRA)

Casemiro – Real Madrid (ESP)

Claudinho – FC Zenit (RUS)

Everton Ribeiro – Flamengo

Fabinho – Liverpool FC (ING)

Fred – Manchester United (ING)

Lucas Paquetá – Lyon (FRA)

ATACANTES

Gabi – Flamengo

Gabriel Jesus – Manchester City (ING)

Matheus Cunha – Hertha Berlim (ALE)

Neymar Jr – Paris Saint-Germain (FRA)

Raphinha – Leeds United (ING)

Richarlison – Everton (ING)

Roberto Firmino – Liverpool FC (ING)

Categorias
Esportes Notícias

Em Tóquio, Brasil fez história; agora é Paris 2024

Olimpíadas de Tóquio 2020 marcou a melhor participação brasileira da história, deste que é, o maior evento esportivo do planeta. O Time Brasil subiu ao pódio 21 vezes. Terminou em décimo segundo no quadro de medalhas, uma posição acima da Rio 2016.

Neste domingo (8/8), último dia do evento, duas medalhas de pratas foram conquistadas, com Bia Ferreira, no Boxe, e com o Vôlei Feminino, que perdeu a disputa pelo ouro, para os Estados Unidos.

Com a boa participação em Tóquio, o Brasil se tornou a terceira potência das Américas, ficando atrás apenas de Estados Unidos e Canadá.

O Japão passou o bastão para Paris, que sediará os jogos em 2024.

Veja quem são os atletas que conquistaram medalhas para o Brasil, nos Jogos Olímpicos de Tóquio:

OURO

Ítalo Ferreira – Surfe

Rebeca Andrade – Ginástica Artística – (salto)

Martine Grael/Kahena Kunze – Vela (categoria 49erFX)

Ana Marcela Cunha – Maratona Aquática

Isaquias Queiroz – Canoagem (prova C1 1000m)

Hebert Conceição – Boxe (categoria até 75kg)

Futebol Masculino

PRATA

Kelvin Hoefler – Skate (categoria street)

Rayssa Leal – Skate (categoria street)

Rebeca Andrade – Ginástica Artística (solo)

Pedro Barros – Skate (modalidade park)

Beatriz Ferreira – Boxe Feminino (categoria até 60kg)

Vôlei Feminino

BRONZE

Daniel Cargnin – Judô (66 kg)

Fernando Scheffer – Natação (200 metros livre)

Mayra Aguiar – Judô – (três medalhas seguidas: 12, 16, 20)

Luísa Stefani e Laura Pigossi – Tênis

Bruno Fratus – Natação (50 metros livre)

Alison Dos Santos – Atletismo (400 metros com barreira)

Abner Teixeira – Boxe (categoria peso-pesados, até 91kg)

Thiago Braz – Atletismo (Salto Com Vara – 5m87)

Categorias
Esportes Notícias

Barcelona cita “obstáculos econômicos” e confirma fim do ciclo do ídolo Lionel Messi

Barcelona, o único clube profissional de Messi

O Barcelona anunciou oficialmente o fim da longa passagem de Lionel Messi nesta quinta-feira. Por meio de nota oficial, o clube catalão informou que as duas partes chegaram a um acordo, mas a renovação contratual acabou impedida pelo regulamento da Liga.

Para cumprir as determinações impostas pela entidade que rege o principal torneio local, o Barcelona seria obrigado a reduzir sua folha salarial. Com status de maior jogador da história do clube catalão, o astro Lionel Messi, evidentemente, recebia altos vencimentos.

Messi marcou 672 gols, em 778 partidas com a camisa do time catalão

O clube atribuiu a não renovação a “obstáculos econômicos e estruturais” e lamentou a situação. “O Barcelona quer agradecer de todo coração pela contribuição do jogador ao engrandecimento da instituição e lhe deseja o melhor em sua vida pessoal e profissional”, diz a nota.

Durante 17 temporadas, Messi marcou 672 gols em 778 partidas com a camisa do Barcelona, seu único clube profissional. Ganhador de seis prêmios de melhor do mundo, ele enfileirou títulos pelo time catalão, entre eles 4 edições da Champions e três do Mundial.

Confira a nota publicada pelo Barcelona na íntegra:

“Apesar de haver um acordo entre o FC Barcelona e Leo Messi e com a clara intenção de ambas as partes de assinar um novo contato no dia de hoje, não se poderá formalizar devido a obstáculos econômicos e estruturais (regulamento da Liga Espanhola).

Diante dessa situação, Lionel Messi não continuará ligado ao FC Barcelona. As duas partes lamentam profundamente que finalmente não se possam cumprir os desejos tanto do jogador como do clube.

O Barcelona quer agradecer de todo coração pela contribuição do jogador ao engrandecimento da instituição e lhe deseja o melhor em sua vida pessoal e profissional.”

Categorias
Esportes Notícias

Tóquio 2020: emocionado, Ítalo celebra o ouro; teve bronze na natação

Ítalo, no lugar mais alto do pódio, nas olimpíadas de Tóquio

Na madrugada desta terça-feira (27), Ítalo Ferreira conquistou a medalha de ouro na final do surfe masculino, sendo o primeiro brasileiro a subir no lugar mais alto do pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após a prova, o surfista revelou seu lema na competição e chorou ao lembrar de sua vó.

“Eu vim com uma frase para o Japão: ‘Diz amém que o ouro vem’. E veio, acreditei até o final. Eu treinei muito nos últimos meses, Deus realizou meu sonho. Agradecer à oportunidade de fazer o que eu amo, ajudar minha família. Fui para dentro da água, sem pressão, fazendo o que amo”, disse Ítalo à TV Globo.

“Queria que minha vó estivesse viva para ver isso. Ver o que me tornei e o que consegui fazer. Não tenho palavras, tenho que agradecer. Almejei bastante e sonhei. Meu nome está escrito na história do surfe”, completou emocionado.

Por fim, Ítalo agradeceu todo o apoio que recebeu dos brasileiros desde que desembarcou em Tóquio para a disputa das Olimpíadas.

“Eu não queria nem pegar a medalha, de tanto que eu queria dar um abraço em vocês que ficaram torcendo. Muito grato por tudo. Não só minha família, recebi uma torcida imensa de todos os brasileiros que estavam me acompanhando. Sei que é de madrugada e a galera deve estar cansada, mas valeu a pena”, finalizou.

Ao lado de Gabriel Medina, que perdeu a disputa pelo bronze, Ítalo Ferreira é um dos principais nomes do Brasil no surfe. Atual campeão mundial da WSL (Liga Mundial de Surfe), o potiguar marca o seu nome na história do esporte ao ser o primeiro medalhista de ouro da modalidade nos Jogos Olímpicos.

Bronze na natação

Medalhista brasileiro no Estádio Olímpico de Natação de Tóquio

Na noite de segunda-feira (26), Fernando Scheffer conquistou a medalha de bronze, nos 200m livre, dos jogos Olímpicos de Tóquio. Radiante pelo resultado, o nadador brasileiro destacou o apoio que recebeu de conhecidos.

“O sentimento que me preenche agora é gratidão. Teve muita gente que esteve comigo todo esse tempo. Todos os treinadores, os preparadores, fisioterapeutas, médicos, amigos de treino, adversários, família, amigos. A galera ficou acordada até tarde para torcer. Hoje, todo mundo nadou comigo, essa medalha é de todo mundo”, disse o atleta.

Scheffer também comentou sobre sua determinação, característica essencial para quem almeja uma medalha olímpica.

“Nunca fui o mais rápido, o mais resistente, o mais versátil, mas sempre pensei em ser o mais esforçado. E levo essa mentalidade até hoje e isso é um diferencial importante para trabalhar tudo todos os dias e isso dá confiança para chegar aqui e saber que a gente pode fazer algo a mais”, afirmou o nadador.

Por fim, Scheffer revelou que caiu na piscina com a cabeça tranquila, sem trazer a pressão por um resultado positivo para a prova.

“A atmosfera que a gente traz define muita coisa. Eu me preparei para vir pra cá e criar o melhor ambiente para mim, o mais descontraído, não jogar uma carga que não precisava. Não coloquei pressão que precisava fazer final, pegar uma medalha, só queria vir aqui e nadar o meu melhor, o que eu treinei pra fazer”, finalizou.

Por: Rádio Vitoriosa e Agência Gazeta Esportiva

Categorias
Esportes Notícias

Brasileirão Série D: Veja os gols do Verdão contra o Águia Negra

Demais gols da rodada e classificação do Grupo A6 vocês conferem no vídeo abaixo:

Categorias
Esportes Notícias

Brasileirão Série D: Uberlândia derrota Águia Negra e assume a segunda colocação do Grupo A6

Placar CBF

O Uberlândia Esporte Clube (UEC) derrotou o Esporte Clube Águia Negra (MS) por dois a zero, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Série D, Grupo A6. Atuando como mandante, a vitória saiu dos pés de Ingro, aos 25 minutos do primeiro tempo, e de Franco de Paula, em cobrança de pênalti, aos 45, da etapa complementar. A novidade na escalação inicial do Verdão, foi a estreia de Matheus Paquetá, e no decorrer da partida, Alípio também jogou pela primeira vez com a camisa Alviverde.

Águia Negra inconformado com arbitragem

Embora o árbitro Murilo Klein, do Paraná, tenha acertado na marcação da penalidade máxima para o Verdão, houve muita reclamação da equipe sulmatogrossense. O jogo ficou paralizado por cinco minutos, até a cobrança ser concretizada. Após o gol, inconformados, os atletas do Águia Negra voltaram a pressionar a arbitragem, e o jogo não foi reiniciado. O árbitro relatou na súmula que “a partida foi encerrada aos 49 minutos do segundo tempo, sem a sinalização dos acréscimos, devido à equipe do Águia Negra partir para cima da equipe de arbitragem, sendo necessário o policiamento intervir na situação”.

Resultados da rodada

Além de Uberlândia 2 x 1 Águia Negra, o Grupo A6 teve neste sábado (24), o empate entre Caldense e Rio Branco (VN), por zero a zero, em Poços de Caldas. Neste domingo (25), mais dois jogos foram realizados: Ferroviária (SP) 2 x 0 Boa Esporte, e Rio Branco (ES) 2 x 1 Patrocinense.

Destaque e homenagem I

Na comemoração, Ingro aponta para o nome Yasmin, tatuado no antebraço. Foto: Giovanni Mendes/UEC

Mais uma vez, Ingro, meia atacante foi o principal jogador do Uberlândia. Conduziu a equipe no setor de inteligência, marcou o seu quarto gol no Brasileirão Série D, além de atuar os 90 minutos com alta performance.

Homegagem II

De joelhos, Franco agradece a Deus pelo gol e pela criança que está chegando para a família. Foto: Giovanni Mendes/UEC

Franco, que entrou no lugar de Felipe Pará, aos 32 minutos do segundo tempo, teve personalidade para bater o pênalti e marcar o segundo do Verdão. De joelhos, homenageou a família, ao colocar a bola por baixo da camisa simbolizando a chegada de seu filho

A classificação

1º: Ferroviária – 19

2º: Uberlândia – 15

3º: Caldense – 14

4º: Boa Esporte – 12

5º: Rio Branco (VN) – 10

6º: Rio Branco (ES) – 8

7º: Águia Negra – 5

8º: Patrocinense – 3

Nona rodada:

Sábado, 31 de julho

17h – Boa Esporte x Rio Branco (ES)

Domingo, 1º de agosto

15h – Rio Branco (VN) x Uberlândia

16h – Águia Negra x Caldense

16h – Patrocinense x Ferroviária

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Série D – 8ª rodada

Estádio Parque do Sabiá, Uberlândia, MG

Sábado, 24 de julho de 2021

Uberlândia 2 x 0 Águia Negra

Gols: Ingro (25’ 1º tempo) e Franco (45’ 2º tempo)

Árbitro: Murilo Ugolini Klein (PR)

Assistente: Marcyano Da Silva Vicente (MG)

Assistente: Pablo Almeida Costa (MG)

Reserva: Michel Patrick Costa Guimarães (MG)

Cartões amarelos para o Uberlândia: Mateus Mendes, Wandinho, Juan Sosa e Naílson

Cartões amarelos para o Águia Negra: Bruno Smith, Rafael Cardoso, Thiago Roberto (treinador de goleiros), Homero de Carvalho (auxiliar técnico) e Cristiano

Cartões Vermelhos: Rafael Cardoso (Águia Negra), Souza (Águia Negra), Homero de Carvalho, auxiliar Águia Negra), Thiago Roberto, treinador de goleiros do Águia Negra)

UBERLÂNDIA: Rafael Roballo; Kellyton, Juan Sosa, Bruno Maia, Mateus Mendes; Maicon Souza, Naílson, Ingro; Felipe Pará (Franco), Daniel Ribeiro (Alípio) e Matheus Paquetá (Wandinho). Técnico: Chiquinho Lima.

ÁGUIA NEGRA: Rodrigo Calch; Flávio, Rafael Cardoso, Cristiano, Souza; Jonatan, Janderson, Bruno Smith (Jeferson); Wilson, Everton Canela e Gabriel (Vinícius. Técnico: Luís Carlos Vilela.